Terça-feira, 14 de Novembro de 2006

Nada está escrito afinal

VOZ NUMA PEDRA
Não adoro o passado
não sou três vezes mestre
não combinei nada com as furnas
não é para isso que eu cá ando
decerto vi Osíris porém chamava-se ele nessa altura Luiz
decerto fui com Isis mas disse-lhe eu que me chamava João
nenhuma nenhuma palavra está completa
nem mesmo em alemão que as tem tão grandes
assim também eu nunca te direi o que sei
a não ser pelo arco em flecha negro e azul do vento
Não digo como o outro: sei que não sei nada
sei muito bem que soube sempre umas coisas
que isso pesa
que lanço os turbilhões e vejo o arco íris
acreditando ser ele o agente supremo
do coração do mundo
vaso de liberdade expurgado me menstruo
rosa viva diante dos nossos olhos
Ainda longe longe essa cidade futura
onde «a poesia não mais ritmará a acção
porque caminhará diante dela»
Os pregadores da morte vão acabar?
Os segadores do amor vão acabar?
A tortura dos olhos vai acabar?
Passa-me então aquele canivete
porque há imenso que começar a podar
passa não me olhas como se olha um bruxo
detentor do milagre da verdade
a machadada e o propósito de não sacrificar-se não construirão ao
sol coisa nenhuma
nada está escrito afinal

Mário Cesariny
publicado por ManyFaces às 17:25
link do post | comentar | favorito
|
2 comentários:
De Susana a 19 de Novembro de 2006 às 22:24
Obrigada pela visita.
Também gostei do teu espaço. Vou voltar.
Um abraço.
Susana
De Paulo G. a 10 de Janeiro de 2007 às 11:20
Olá, bom dia, lá pelo Umbigo decidi provocar a sua veia "liberal".
;)

Comentar post

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Dia da Mãe

. Encontra-te

. The Success of Happiness

. A Utilidade dos Maus Fíga...

. Selecção Natural

. Disseste: O Sol Nasceu

. The Many Faces of Wanting

. Crescer

. Tanta Gente Mariana

. Munique Fora de Horas (II...

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.tags

. human nature

. poesia

. política

. religion

. science

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds