Quinta-feira, 3 de Agosto de 2006

No meu reino podes viver

No meu reino podes viver/que eu deixo-te viver/podes morrer que eu deixo-te morrer/podes sofrer e podes enlouquecer/podes-me amar/podes matar/podes morrer/e podes enlouquecer./no meu reino não há nada a fazer/amarmo-nos é que pode ser/tu não queres fazer sofrer/tu não podes/podes morrer./no meu reino é assim/tudo o que pode ser. António Gancho, 'O Ar da Manhã', p. 127 (Assírio & Alvim, 1995)
tags:
publicado por ManyFaces às 12:36
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Dia da Mãe

. Encontra-te

. The Success of Happiness

. A Utilidade dos Maus Fíga...

. Selecção Natural

. Disseste: O Sol Nasceu

. The Many Faces of Wanting

. Crescer

. Tanta Gente Mariana

. Munique Fora de Horas (II...

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.tags

. human nature

. poesia

. política

. religion

. science

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds