Quinta-feira, 20 de Dezembro de 2007

Na Terra dos Bravos

Inovação é destruição criativa (Schumpeter).

O problema é conseguir viver com isso. O dilema é  não se poder viver sem isso. Destruir para criar de novo. Ele foi o primeiro a explicar a inevitabilidade dos ciclos económicos e o papel da destruição criativa no processo. Antes dele não era claro que há sempre um compromisso entre equidade e eficiência, entre estabilidade e desenvolvimento. É tudo uma questão de escala. Olhe-se para o PIB de um Pais ao longo do tempo e deixe-se a economia em paz (estado em serviços mínimos). À escala de 10 anos tudo parece tumultuoso, cíclico, instável. Afasta-se a escala para 100 anos e vê-se uma linha bastante menos instável, com tendência sempre ligeiramente crescente. É a economia a crescer por entre o tumulto dos ciclos. E depois vem a parte mais interessante: veja-se o ciclo na pequena escala e tente-se interferir com ele. Seja por se querer diminuir o desemprego, para reverter um ciclo depressivo aumentando o investimento público,…. Volte-se à escala dos 100 anos e veja-se o efeito da interferência: a linha continua bastante estável mas cresceu menos do que antes. E perante isto os liberais dizem: deixem a economia em paz. Os keynesianos dizem: eu vivo na escala menor e quero chegar ao fim do dia vivo (”no longo prazo estamos todos mortos”). Os dois têm razão e por isso digo que gosto de Friedman e de Keynes . Depende daquilo que se valoriza. E por isso acaba por ser o ADN de cada sociedade que define a política económica. Na terra dos Bravos há poucas dúvidas.

publicado por ManyFaces às 11:09
link do post | comentar | favorito
|

.mais sobre mim

.pesquisar

.Abril 2009

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29

.Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

.posts recentes

. O Dia da Mãe

. Encontra-te

. The Success of Happiness

. A Utilidade dos Maus Fíga...

. Selecção Natural

. Disseste: O Sol Nasceu

. The Many Faces of Wanting

. Crescer

. Tanta Gente Mariana

. Munique Fora de Horas (II...

.arquivos

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.tags

. human nature

. poesia

. política

. religion

. science

. todas as tags

.links

blogs SAPO

.subscrever feeds